No dia 04 de agosto, a Pra. Sheila Vianna compartilhou uma palavra com o tema: “Faça guerra!!!”.

Resumo da palavra

Todo povo tem o seu exército, mas para os Espartanos a guerra era a sua cultura. Desde os 7 anos, as crianças passavam por um treinamento onde aprendiam 5 coisas: a discrição, a lealdade, a cantar e dançar, a comunicação e a fazer guerra.
Todo Reino pra ser estabelecido envolve guerra, um ato agressivo, um esforço pesado contra algo. Se não estamos em guerra, devemos encontrar uma guerra do Senhor pra lutar!

Temos uma tendência a gostar dos direitos e detestar os deveres. Mas o nosso DEVER é fazer guerra.

O nosso potencial máximo só será extraído no habitat do Reino, que é a guerra.
Quem fica muito tempo fora da guerra, morre.
Quando não temos autoridade espiritual, ao invés de destruirmos o mal, destruímos pessoas.
Apostolado fala de colonização, tomada de território e mudança de cultura. A nossa guerra não é matar alguém e tomar o lugar dele, mas ver onde o inimigo opera, tirá-lo da terra e estabelecer o Reino de Deus!

Toda guerra envolve níveis de sacrifício, dor, tensão, sofrimento e desconforto. Se for ferido, tudo bem pedir socorro, mas há pessoas que não foram feridas e choram pelos cantos pedindo livramento. Temos que estar dispostos a sofrer como bons soldados!

Uma nova estação sempre vai requerer um sacrifício que parta de você! Faça guerra pela sua promessa!

Nunca vi um homem que recebeu uma promessa e que não teve que guerrear bravamente pelo seu cumprimento!

Lute pelas palavras que Deus falou!

Antes de querer dominar teologia domine a sua língua! Antes de querer cuidar dos outros cuide do seu caráter!

Deus está nos chamando pra um nível de fé maior pra fazer guerra e conquistar coisas espirituais aparentemente impossíveis. Ninguém passa de fase com o mesmo nível de fé.

Os desertos nos aproximam do Senhor.
Ou as guerras matam a nossa fé ou nos dão maior envergadura.
Ou a guerra nos mata ou nos promove!

Um soldado de Cristo não se embaraça com negócios dessa vida.

A armadura de Deus é um estilo de vida que nos blinda.
As lutas não vão passar “com o tempo”, é PRECISO fazer guerra!!!

 


Apresentação de criança

 

No último domingo, a mãe Daiane Vieira de Oliveira trouxe o Enzo, de 8 anos, para apresentá-lo ao Senhor.

Na mesma noite, os pais Enrique Ribeiro e Bruna Ferauche trouxeram a betina, de 6 meses, ao altar.

Com essa atitude, eles assumem diante de Deus e de toda a igreja o compromisso em ensinar os caminhos de Deus aos seus filhos até que atinjam a maturidade e possam fazer suas próprias escolhas, e, vendo o exemplo de seus pais, possam escolher servir o Deus verdadeiro.


Casamento

No dia 04 de agosto, Felipe e Jaqueline subiram ao altar para consagrar as alianças de casamento. Eles agradeceram a Deus por tudo e disseram que aquele dia era um verdadeiro milagre, que passaram por situações difíceis no decorrer da caminhada, mas que permaneceram, lutaram e venceram.
A Igreja abençoou o casal!