, ,

07/07 – Pr. Eric Vianna – “Escondido na neblina”

No último domingo (07), o Pr. Eric Vianna compartilhou uma palavra com o tema: “Escondido na neblina”.

Resumo da palavra

Sempre que nos deparamos com neblinas parece que o céu está mais próximo de nós, que estamos no meio da nuvem.
Aquele que está em meio a neblina precisa do dobro de atenção e cuidado. A neblina aparentemente esconde o que está ali.
A nossa vida é como uma neblina. Aparentemente os nossos pecados estão ocultos aos outros, sabemos que estão ali, mas a neblina impede de sermos verdadeiros como a luz do dia, a iniquidade fica escondida. Achamos que escondemos até do próprio Deus, mas um dia toda a neblina será retirada e tudo o que está oculto não estará mais. Nesse dia Jesus será Juiz e julgará as nossas obras.

O fogo provará a obra de cada um.

Sem os fundamentos básicos do evangelho não é possível enxergar os próprios erros de caráter e ser moldado até se parecer com Jesus. A igreja dessa geração tem levado as pessoas a achar que vão passar em uma faculdade sem aprender a ler e escrever. Cobrem os pecados com uma nuvem e não levam a transformação.
Não seremos julgamos pelo nosso relatório de grandes obras, mas pelo que fomos chamados pra fazer e não fizemos.

A Igreja precisa entender qual é a pauta de Deus. O fundamento pra cumprir a chamada é obedecer. Ele fala e nós obedecemos. Mas hoje os papéis estão invertidos – eu falo e acho que Deus deve obedecer.
Deus não age por pressão, Ele não obedece a nossa lista, Ele tem a lista dele pra nós.

Pedro na época da igreja primitiva escolheu 7 pessoas pra servirem comida pras viúvas. Todos queriam ser um dos 7. Estêvão fazia grandes sinais e prodígios e também era um dos 7 que servia comida. Filipe pregou ao etíope e também servia comida, ele se tornou pastor de uma das maiores igrejas próximas a Jerusalém. Quando Paulo vai visitá-lo, ele não diz: vamos visitar aquele que batizou o etíope e é um grande pastor, mas diz: vamos visitar aquele que foi um dos 7.

Quando tirarmos a neblina, seremos lembrados por termos obedecido a Deus!

Se formos um dos 7, seremos lembrados como um dos 7.

 

 


Apresentação de criança

Os pais Ingrid e Vinicius trouxeram o Kauê Muniz e o Thales Muniz para apresentá-los ao Senhor.
Na mesma noite, os pais Dianne e Renato trouxeram o Ryan de 9 anos e os pais Rafael Francisco e Ariany trouxeram o Pedro Luca, de 5 anos.

Com esse procedimento, eles assumem a responsabilidade de cuidar dos filhos ensinando a palavra da verdade e sendo exemplos em tudo para que, ao atingir a maturidade, os filhos possam escolher servir o Deus de seus pais.