Na última quarta, o Pb. Bruno Alonso compartilhou uma palavra com o tema: “Discernindo o tempo e o modo”.

Resumo da palavra

Há muitas decisões a tomar durante o dia. Nossa vida é uma vida de decisão.
A pior maneira de se tomar uma decisão é baseá-la nas emoções ou circunstâncias ao redor.
Nos perguntamos: por que estou passando por isso? Mas se refletirmos veremos que, na maioria das vezes, semeamos isso. Deus não afasta as consequências porque através dela aprendemos.
Deus não vai nos tirar da situação enquanto não aprendermos a decidir de uma forma diferente. Há um preço por cada escolha.

Até os reis de Israel se submeteram a conselheiros sábios porque existem momentos da vida que não conseguimos tomar decisões sozinhos.
Deus quer nos levar a tal nível de intimidade que saberemos discernir o tempo e o modo.

O segredo de sucesso de uma pessoa está no quanto ela discerne os tempos e modos espirituais.

1) Quando você discerne o que vem pela frente você tem mais condições de se preparar.
José deu a direção ao Egito para guardar mantimentos porque haveria um tempo de fome. Como vamos nos preparar para o que virá se não temos intimidade com Deus para saber o que virá?
2) Saber o prazo para terminar determinada prova. Muitas vezes perdemos a esperança de que o processo vai acabar, ficamos doentes e paralisados. Mas essa luta tem prazo pra terminar, Deus tem tempos melhores e cada dia que passa é um dia mais perto do processo ser concluído.
Jesus sabia que o que tinha que passar uma hora ia acabar.

3) O discernimento nos faz fazer a coisa certa no tempo certo. Fazer o certo no tempo errado dá errado. Temos que ouvir a voz de Deus de como e quando agir. Quando fazemos o certo no tempo certo temos a certeza de que tudo vai acontecer.
A precipitação nos impede de ver a colheita.

É tempo de discernir o tempo e o modo de Deus para agirmos com sabedoria.